Actualidade

BE quer que Conselho de Administração da RTP se demita imediatamente

12 | 02 | 2019   17.11H

O BE defendeu hoje que o Conselho de Administração da RTP deve "demitir-se imediatamente porque repetidamente viola a legislação laboral", acusando-o de "má fé e desprezo pela lei" no processo da regularização dos precários.

Em conferência de imprensa, no parlamento, o deputado do BE José Soeiro denunciou o envio de cartas a vários trabalhadores a recibo verde por parte da administração da TV pública comunicando-lhes que "escusavam de se apresentar ao serviço a partir do dia de hoje", declarando assim "nulos os contratos de trabalho que o tribunal reconheceu".

"O Conselho de Administração da RTP já provou que não tem condições para se manter em funções e deve por isso demitir-se imediatamente porque repetidamente viola a legislação laboral, porque desrespeita os trabalhadores, porque tem sido conivente com sucessivos casos que têm abalado a credibilidade da empresa", acusou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Se a RTP for privatizada, a taxa de televisão irá continuar a troco do serviço público que terá que presta e continuará a prestar ao país, para as regiões, comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, tempos de antena, etc...
    Zé da burra o alentejano | 13.02.2019 | 19.51Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ACABEM COM A R T P QUE JÁ É SEM TEMPO ANDAM A EXPLORAR O POVO QUE PAGA TAXA AUDIOVISUAL AS OUTRAS OPERADORAS NÃO VIVEM A CUSTA DE TAXAS VERGONHA NACIONAL
    O povinho | 12.02.2019 | 17.23Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE