Actualidade

EUA "seriamente preocupados" com uso de força pelo Governo do Zimbabué

12 | 02 | 2019   20.33H

O porta-voz adjunto do Departamento de Estado dos Estados Unidos da América, Robert Palladino, afirmou hoje que o país está "seriamente preocupado" com o uso excessivo de força pelo Governo do Zimbabué no último mês.

"O uso de violência contra a sociedade civil e a imposição injustificada de restrições no acesso à internet pelo Governo do Zimbabué atraiçoam as promessas de criar um novo Zimbabué", lê-se no comunicado assinado por Palladino.

O responsável norte-americano assinala que foram registadas "pelo menos 13 mortes, 600 vítimas de violência, tortura ou violações e mais de mil detenções" desde o início de uma onda de protestos motiva dada pelo aumento dos preços dos combustíveis no Zimbabué, em 14 de janeiro.

Destak/Lusa | destak@destak.pt