PUBLICIDADE
Campeonato nacional

Clássico proporciona confronto entre as melhores equipas

27 | 02 | 2019   23.29H
Todas as estatísticas positivas são lideradas por FC Porto ou Benfica. Águias têm maior preponderância na parte ofensiva e estão mais expostas na defensiva
João Moniz | jmoniz@destak.pt

Pinto da Costa assumiu o desejo de “jogar para ganhar” no clássico de sábado e “aumentar a vantagem na liderança”. Na revista do FC Porto, o presidente escreveu que espera casa cheia para “viver as emoções de uma partida entre duas grandes equipas”. E se não bastasse a classificação, as estatísticas também dizem que são mesmo as melhores do campeonato.

Desde logo estão em confronto a melhor defesa e o melhor ataque. O FC Porto tem apenas 12 golos sofridos, tantos em casa (6) como fora (6). Também o Benfica, curiosamente, não mostra grande oscilação nos 20 golos sofridos, embora seja mais batido na Luz (11 golos) do que nas deslocações (9).

A segurança portista é tanto ou mais impressionante quando é a equipa da Liga com menos amarelos (45) e a única sem qualquer vermelho. O Benfica, pelo contrário, já teve cinco expulsões diretas (só o Tondela faz pior, com seis) e uma por acumulação de amarelos, sobretudo de atletas da defesa.

No que toca ao ataque, os encarnados lideram destacados, com 64 golos marcados. Mesmo sem a goleada de 10-0 ao Nacional a vantagem seria confortável para o 2º classificado nesta estatística, que é precisamente o FC Porto, com 47 remates certeiros.

As duas equipas contam sobretudo com os titulares para marcar golos, como seria expectável, mas o Benfica tem um maior peso dos golos marcados por suplentes: 14% contra 12,8% do adversário.

E se as águias são a equipa na Liga mais rápida no gatilho (8 golos até ao minuto 15), é claramente o FC Porto o clube mais eficaz nos descontos: 4 golos após o minuto 90 que valeram pontos.

Ainda assim, os dragões marcam praticamente o mesmo número de golos na 2ª parte (24) do que nos primeiros 45 minutos (23). Já as águias são mais eficazes após o intervalo (35) do que na etapa inicial (29).

Esta maior propensão pela etapa complementar também ajuda a explicar porque é o Benfica o clube com mais goleadas na Liga (7), embora o FC Porto não fique muito atrás no que toca a vencer com três ou mais golos de diferença (6 vezes).

Por fim, as duas equipas encontram-se em fases positivas no campeonato. Apesar de o FC Porto ter visto a vantagem para os encarnados baixar de 7 pontos para apenas1, tal deveu-se a três empates. Daí que os dragões estejam há 16 jogos sem perder, precisamente desde que saíram derrotados no Estádio da Luz.

Por sua vez, o Benfica é a equipa com a melhor série vitoriosa do momento. Desde que Bruno Lage assumiu o comando que os encarnados só sabem o que é vencer, concretamente durante oito jornadas consecutivas.

1 comentário

  • Faltou a referência à 3ª equipa no artigo, a mais importante de todas.
    Dono dos Burros | 28.02.2019 | 11.26Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE