Actualidade

Projeto de cooperação transfronteiriça com 1,4 ME para o Vale do Côa e Siega Verde

14 | 03 | 2019   22.26H

A Fundação Côa Parque e a Junta de Castela de Leão apresentaram hoje o projeto Paleoarte, dotado de 1,4 milhões de euros, para promover a investigação e divulgação da arte rupestre do Vale do Côa e Siega Verde.

"Trata-se de um projeto muito importante para afirmarmos a missão internacional do projeto cultural do Côa, que é, por natureza um exemplo paradigmático de cooperação transfronteiriça. O único caso de uma classificação UNESCO para o património cultural de dois países irmãos", explicou à Lusa o presidente da Fundação Côa Parque, Bruno Navarro.

Outras das pretensões das entidades envolvidas no Paleoarte é partilhar conhecimentos e experiências, sistematizar toda a informação recolhida ao longo das últimas décadas, permitindo, desse modo que o Vale do Côa - Siega Verde (Espanha) sejam mais conhecidos e mais estudados",

Destak/Lusa | destak@destak.pt