Nova Zelândia/Ataque

Facebook apaga vídeo do tiroteio e cancela contas do principal suspeito

15 | 03 | 2019   13.55H

A rede social Facebook informou que apagou as imagens que foram transmitidas em direto naquela plataforma pelo principal suspeito do ataque hoje perpetrado em duas mesquitas na Nova Zelândia, bem como cancelou todas as contas do presumível agressor.

A rede social fundada por Mark Zuckerberg precisou que tomou tais medidas após ter sido alertada pela polícia.

O principal suspeito do ataque, um homem identificado como Brenton Tarrant, transmitiu em direto na Internet durante 17 minutos o momento em que abriu fogo numa das mesquitas em Chirstchurch, na Nova Zelândia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE