Novo Banco

Centeno mantém meta do défice para 2019 "acomodando" nova injeção

15 | 03 | 2019   22.51H

O ministro das Finanças disse hoje à Lusa que o Governo prevê manter os objetivos quer ao nível da despesa quer do défice para 2019, mesmo acomodando fatores como a injeção de capital no Novo Banco.

"Naquilo que é a nossa estimativa, que vai ser apresentada de novo com o programa de estabilidade, a expectativa que temos é a de que consigamos manter os objetivos, quer do lado da despesa quer do lado do défice para 2019, mesmo acomodando diferentes fatores" como o Novo Banco, disse hoje Mário Centeno em declarações à Lusa, quando questionado sobre os alertas lançados na quinta-feira pelo Conselho das Finanças Públicas (CFP), em relação ao impacto de novas injeções de capital no Novo Banco.

O Governo prevê um défice de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 e o CFP revelou que antevê um défice de 0,3% este ano, que pode, contudo, agravar-se em 0,4 pontos percentuais, até 0,7% do PIB em 2019, considerando a utilização de 1.149 milhões de euros em 2019, dos quais 400 milhões de euros já estão previstos no Orçamento do Estado para este ano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE