Actualidade

Nuno Melo diz que opositor do PS "foi o rosto do desperdício" de fundos comunitários

16 | 03 | 2019   02.29H

O cabeça de lista do CDS-PP às eleições europeias considerou, sexta-feira, que o seu opositor eleitoral do PS, Pedro Marques, foi enquanto ministro "o rosto do maior desperdício de fundos comunitários em Portugal".

"O extraordinário ministro que diz este Governo que foi o campeão do aproveitamento e execução de fundos comunitários foi, na verdade, o rosto do maior desperdício de milhões de euros que poderiam ter entrado em Portugal todos dias", afirmou Nuno Melo.

O candidato dos populares ao Parlamento Europeu, que participou num jantar comício, na Póvoa de Varzim, com a presença da líder do partido, Assunção Cristas, considerou que o antigo Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, que lidera agora as listas socialistas às europeias, "falhou" enquanto governante.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Para aproveitamento dos fundos é preciso dinheiro nacional para comparticipações pois não são a fundo perdido.Para haver dinheiro é preciso econimia pujante e valores não marxista em todos os setores,o saque fiscal,das liberdades,da ingerência navida quotodiana como gestão da propriedade privada e controle das contas com mais de 50 000 euros desbaratam e fazem morrer a iniciativa privada e investimentos.A linha vermelha de rejeição da engenharia holística marxista foi rejeitada e OPovo é q paga.
    capelo | 16.03.2019 | 10.07Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE