Nova Zelândia/Ataque

Imã de mesquita diz que massacre não muda amor dos fiéis muçulmanos pelo país

16 | 03 | 2019   03.45H

O imã que liderava a oração na mesquita de Linwood quando um homem armado matou várias pessoas naquele templo disse hoje que o ataque não vai mudar o amor dos fiéis pela Nova Zelândia.

"Ainda amamos este país", sublinhou Ibrahim Abdul Halim, imã da mesquita em Christchurch. "[Os extremistas] Nunca vão quebrar a nossa confiança", acrescentou.

O ataque causou pelo menos 49 mortos no ataque às duas mesquitas de Christchurch.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Os meus pêsames. Porém devo comentar que todas as religiões vão dar ao mesmo, com sua moral, os seus valores etc.. Nenhuma é melhor do que qualquer outra. Mas como se costuma dizer, cá se faz cá se paga. Eu sei que Deus escreve direito por linhas tortas e que ele não se esquece do que têm feito às " sinagoga " que têm sido o alvo de tanto cão rafeiro, que querem o mundo só para eles e que tudo lhes estorva. Portanto, como diz o Santo Papa estamos tristes e continuaremos a rezar por todos nós. Porque Deus nos ama como somos amém.
    Florinda Maria Oliveria Correia. | 16.03.2019 | 15.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não