Actualidade

Catarina Martins defende mais investimento público para fazer "o que falta fazer"

16 | 03 | 2019   18.24H

A coordenadora do BE defendeu hoje mais investimento público e melhoria de salários e pensões para "fazer o resto" que falta, após três anos e meio de legislatura do Governo minoritário do PS, comentando melhorias económicas em Portugal.

"Agora, que já se provou que uma pequenina recuperação faz tão bem ao país, quando até as instituições internacionais tiveram de reconhecer que estavam erradas e é protegendo as pessoas que se protege a economia, quando a economia cresce, então façamos o que falta fazer porque neste país ainda se vive muito mal, os salários não chegam até ao fim do mês, as pensões são curtas demais", afirmou Catarina Martins, à margem de uma visita ao bairro da Quinta da Lage, na Amadora.

A agência de notação financeira Standard & Poor's (S&P) subiu na sexta-feira o 'rating' de Portugal para dois níveis acima do grau de investimento especulativo, com perspetiva estável, e o primeiro-ministro, António Costa, afirmou ter a ambição de Portugal a crescer acima da União Europeia (UE) "pelo menos por uma década", defendendo a continuidade da política que levou muitos a anunciar que "o diabo vem aí", ao passo que o Presidente da República se congratulou com o "percurso rápido e bom" que o país está a fazer.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE