Actualidade

Acionistas do grupo DIA apoiam estratégia de multimilionário russo para salvar empresa

20 | 03 | 2019   13.08H

A assembleia-geral de acionistas dos supermercados DIA, dona do português Minipreço, decidiu hoje em Madrid aceitar a estratégia do multimilionário russo Mikhail Fridman para tentar salvar a empresa da falência.

Fridman, que através da LetterOne assegura uma participação de 29% no grupo DIA, tinha na reunião mais de metade das ações representadas, o que lhe garantiu o sucesso nas votações feitas por maioria absoluta do capital presente.

O projeto do investidor russo prevê uma recapitalização de 500 milhões de euros da cadeia de supermercados, condicionada ao êxito da OPA (de 0,67 euros por ação) que lançou e a um acordo com a banca credora para alargar os prazos de vencimento da dívida do grupo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE