Actualidade

Mesas de voto abertas na Tailândia quase cinco anos exército ter tomado o poder

24 | 03 | 2019   05.58H

As mesas de voto abriram esta manhã na Tailândia para as eleições no Parlamento, o qual permanecerá, contudo, condicionado pelos militares independentemente do veredito das urnas, quase cinco anos após o exército ter tomado o poder.

Cerca de 51 milhões de tailandeses, em aproximadamente 90.000 escolas em todo o país que começaram a funcionar às 08:00 (01:00 em Lisboa), são chamados a votar nas eleições que foram adiadas meia dúzia de vezes pela junta militar desde que assumiu o poder em maio de 2014, quando os generais justificaram o golpe como forma de acabar com a corrupção e a instabilidade política após meses de protestos de rua.

Entretanto, a convocação das eleições, que foi adiada várias vezes, aconteceu após uma reforma legal completa para restringir a margem de manobra dos governos eleitos e fortalecer a interferência militar na vida política do país.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE