PUBLICIDADE
Actualidade

Chefe da missão do FMI elogia "oito anos de disciplina orçamental consistente" em Portugal

26 | 03 | 2019   05.00H

Alfredo Cuevas, o chefe da missão do FMI para Portugal, afirma, em entrevista à Lusa, que Portugal manteve "oito anos de disciplina orçamental consistente", sem perder de vista o objetivo final.

"Foram oito anos de disciplina orçamental consistente. Temos de reconhecer que houve a responsabilidade de trabalhar num envelope orçamental, observando as restrições orçamentais, e não perdendo de vista o objetivo final", afirmou Alfredo Cuevas, em entrevista à Lusa, à margem da conferência 'Portugal: reforma e crescimento dentro da zona euro', que decorreu na segunda-feira no Museu do Dinheiro, em Lisboa.

O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Portugal frisou que, do lado português, o fundo sempre verificou a existência de "determinação para tomar as medidas que eram necessárias para corrigir o curso" da economia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE