PUBLICIDADE
Actualidade

Sede da EDP e Terminal de Cruzeiros são os prémios Valmor de 2017

11 | 04 | 2019   18.01H

O Prémio Valmor de Arquitetura 2017 foi hoje atribuído ao arquiteto Aires Mateus, pelo edifício sede da EDP, e ao arquiteto Carrilho da Graça, pelo terminal de cruzeiros, anunciou a Câmara Municipal de Lisboa, responsável pela distinção.

A sede da EDP foi concebida como "um edifício que quis construir cidade, que quis dialogar com a cidade", disse à Lusa Manuel Aires Mateus, considerando, por isso, que se trata de uma "distinção importante".

O edifício de terminal de cruzeiros foi pensado por João Luís Carrilho da Graça além da funcionalidade, "do ponto de vista da cidade e das pessoas", uma preocupação materializada no parque urbano arborizado e na cobertura concebida para ser um "espaço público acessível".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Claro que sim. Não foram Eles que escolheram? Então? Estavam à espera que escolhessem a dos Outros? Vocês não conhecem as Bichas. Se não fossem o que são, escolhiam a desertificação através do alojamento local. Isso sim, é que foi obra e bem feita. O último Arquitecto que não é, é o Taveira, o resto? Tudo seminaristas.
    Dono dos Burros | 11.04.2019 | 22.46Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE