Sudão

Conselho Militar quer dialogar com forças políticas e não vai extraditar ex-Presidente

12 | 04 | 2019   11.57H

O Conselho Militar de Transição do Sudão prometeu hoje dialogar com todas as "forças políticas" do país e estabelecer "um Governo civil", após a destituição do Presidente na quinta-feira, garantindo que Omar al-Bashir não será extraditado.

"Vamos engajar-nos com todas as entidades políticas para preparar o clima de trocas para alcançar as nossas aspirações", disse o general Omar Zein Abedeen, membro do Conselho Militar de Transição, citado pela agência de notícias francesa AFP.

Durante uma conferência de imprensa em Cartum, transmitida pela televisão, o general - apresentado como chefe do Comité Político Militar estabelecido pelo Conselho Militar - também garantiu que a futura Administração será um "Governo civil", mas não especificou uma data para a sua implementação.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE