Actualidade

Melancia recorda os 300 ME de investimento em Macau após Declaração Conjunta

13 | 04 | 2019   05.01H

Após a assinatura da declaração conjunta entre Portugal e a China para a transferência de Macau deu-se "o pontapé de saída" para 300 milhões de euros de investimentos no território, disse à Lusa aquele que foi o governador do território naquele período.

"O que posso dizer é que são mais de 300 milhões de euros, mas não são só do meu tempo. Estou a falar que, na altura, se deu o pontapé de saída", disse em entrevista à Lusa Carlos Melancia, agora com 92 anos.

A Declaração Conjunta Sino-Portuguesa sobre a Questão de Macau foi assinada a 13 de abril de 1987, há exatamente 32 anos, e Carlos Melancia tomou posse como governador do território em julho desse ano, já para fazer cumprir o projeto de transferência da administração do enclave, que se concretizou em 1999, há 20 anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE