PUBLICIDADE
Eurovisão

Artistas palestinianos apoiados por israelitas pedem desistência a concorrentes

16 | 04 | 2019   19.40H

Artistas palestinianos de várias áreas apelaram, numa carta aberta, aos concorrentes do Festival Eurovisão da Canção deste ano para que se retirem do concurso, que irá decorrer em maio, em Israel, tendo a missiva sido apoiada por artistas israelitas.

"Nós cantores, compositores, bailarinos, músicos e outros artistas palestinianos apelamos a todos os concorrentes do Festival Eurovisão da Canção 2019 para que se retirem do concurso, evitando participar na agenda explícita de Israel de usar atuações de artistas internacionais para branquear os seus crimes contra a Humanidade", lê-se na carta, subscrita por 113 pessoas, hoje divulgada em vários órgãos internacionais de comunicação social.

Esta carta aberta foi tornada pública no mesmo dia de uma outra, subscrita por "artistas, músicos, realizadores e autores" israelitas, na qual é feita o mesmo apelo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

4 comentários

  • Quantos palestinianos??Quantos israelistas Os israelitas que vao viver para a palestina não tem lugar em ISRAEL.A anexaçao vai ser o resultado final desta guerra com regime de aparthaide para palestinos.,caso contrário a demografia engole israelistas.Os palestianos não são mais q 2 ou 3 milhões .Israel possui bomba nuclear q tem contido potencias periféricas.O apoio EUA é irrefutável ,logo qem qer ser anti-EUA q sao AINDA a maior e mais moderna potencia nuclear,a maior economia mundial e a mais consumista.Qem qer ser persona não grata para EUA ou EUUU???
    Gary | 21.04.2019 | 12.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Até a própria Madona parece esfomeada por dinheiro manchado de sangue, ao aceitar actuar em Israel aquando do festival.
    Postal de londres | 19.04.2019 | 11.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Seria a coisa mais sensata, contra a politica racista, invasora e de extreminio planeado, da parte do governo de israel.
    Postal de londres | 19.04.2019 | 11.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Hummm o que é que eles sabem que nós não sabemos ainda?
    anónimo | 16.04.2019 | 21.23Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE