PUBLICIDADE
Actualidade

Alojamento local em Portugal com "crescimento mais moderado" e descida de 60% em Lisboa

21 | 04 | 2019   10.11H

O alojamento local em Portugal registou "um crescimento mais moderado" do número de registos durante o primeiro trimestre deste ano, face ao período homólogo, destacando-se o abrandamento verificado na cidade de Lisboa, onde houve uma quebra de 60%.

"Este crescimento mais moderado é, acima de tudo, um sinal de maturidade do mercado, um ajuste que era esperado onde o crescimento da oferta está mais em sintonia com a procura", defendeu a Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP), no âmbito de uma análise comparada do crescimento dos novos registos no primeiro trimestre deste ano com anos anteriores.

De acordo com os dados da associação do setor, a que a Lusa teve acesso, no primeiro trimestre de 2015 houve 2.321 novos registos de alojamento local em Portugal, número que aumentou, ligeiramente, para 2.364 em igual período de 2016 e para 2.677 no mesmo período de 2017, verificando-se um grande impulso no primeiro trimestre de 2018, com 5.518 novos registos, número que caiu para 3.283 nos primeiros três meses deste ano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE