Actualidade

"Alma", de Manuel Alegre, regressa às livrarias com prefácio de Mário Soares

21 | 04 | 2019   10.28H

Uma nova edição do romance "Alma", de Manuel Alegre, é publicada na terça-feira, com um prefácio do ex-Presidente da República Mário Soares, que o aponta com "um grande romance de genuína ficção, criativo, original, transfigurado".

Esta 16.ª edição de "Alma", além da novidade do prefácio, inclui, no final, um curto texto do escritor Luiz Pacheco, sobre o romance, retirado do seu livro "Isto de Estar Vivo" (2000), no qual afirma que Manuel Alegre consegue nesta narrativa "uma emotiva incursão na sua infância, ao mesmo tempo que nos vai desdobrando o panorama de uma povoação provincial com o seu dia-a-dia marcado pela repressão e medo salazarista".

Mário Soares, por seu turno, adverte: "'Alma' é um grande romance: é a história de uma terra de província, num dado momento histórico, com as suas personagens, o seu ritmo, as paisagens, o rio, os animais, especialmente os peixes e os pássaros, e um certo halo nostálgico da infância, recriada por uma memória intacta, límpida, selectiva, precisa nos mais ínfimos pormenores. Haverá a tentação de identificar 'Alma' com Águeda: erro grave, julgo".

Destak/Lusa | destak@destak.pt