PUBLICIDADE
Europeias

Costa dramatiza e pede "força ao PS já e agora"

22 | 04 | 2019   22.02H

O secretário-geral do PS dramatizou hoje a questão das eleições europeias, advertindo que é preciso dar força aos socialistas "já e agora" e que os adversários sabem que uma vitória nas legislativas começa em 26 de maio.

Este aviso foi deixado por António Costa no jantar/comício do 46.º aniversário do PS, em Lisboa, que contou com a presença do antigo Presidente da República Jorge Sampaio, do presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, e de vários ministros, com particular destaque para Mário Centeno (Finanças) e Augusto Santos Silva (Negócios Estrangeiros).

Neste jantar, foi homenageado o antigo líder parlamentar socialista Alberto Martins pelos 50 anos da Crise Académica de 1969, contestação estudantil ao regime do Estado Novo que este ministro dos governos de António Guterres e José Sócrates chefiou enquanto presidente da Associação Académica de Coimbra.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Todos sabem que os governos em gestão perdem as europeias pois existe um voto de protesto e as abstenções costumam ser acima dos 60%.Os civis têm fortes razoes para protestar contra as afrontas legislativas,subidas de impostos sucessivos e atitudes anti cultura portuguesa,Porque Costa-GOÊS e restantes dirigentes partidos não falam da EUTANASIA etc d q são defensores excepto PCP e CDS.Haverá forte voto de protesto ,assim o indicam as sondagens não publicadas.
    otavio | 23.04.2019 | 08.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O PS tem que ser castigado. Mais força para quê? Quanto mais forte é um governo, mais arrogante é, mais discricionário é, mais prepotente é. Por isso castigado q.b.Quanto às eleições 'europeias' recomendo o voto NULO. A UE tem que ser implodida.
    Dono dos Burros | 22.04.2019 | 22.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE