Actualidade

Governo de São Tomé anuncia "abertura imediata de inquérito" a naufrágio que fez sete mortos

25 | 04 | 2019   19.57H

O primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, anunciou hoje a "abertura imediata de um inquérito" ao naufrágio de um navio, ocorrido esta manhã ao largo da ilha do Príncipe, que causou pelo menos sete mortos.

"Todas as medidas estão a ser tomadas, para em primeiro lugar se encontrar rapidamente os desaparecidos e garantir toda a assistência aos sobreviventes, e num segundo momento, se proceder à abertura imediata de um inquérito para se apurarem as causas deste trágico acidente e assacar as eventuais responsabilidades", afirmou o chefe do Governo de São Tomé e Príncipe, em declarações aos jornalistas.

O naufrágio do navio "Amfitriti", que fazia a ligação entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe, causou a morte a sete pessoas - quatro crianças e três adultos - e dez pessoas continuam desaparecidas, referiu o primeiro-ministro.

Destak/Lusa | destak@destak.pt