PUBLICIDADE
Actualidade

Descoberta em Macau a partir de orquídea também pode ajudar no tratamento de cancro

06 | 05 | 2019   05.00H

Uma equipa da Universidade de Macau está a realizar uma investigação pioneira a partir de uma orquídea com previsível impacto na regeneração de tecido ósseo e em futuros tratamentos do cancro.

"Há um caminho longo a percorrer", mas duas das aplicações médicas da descoberta podem passar pela "regeneração de tecido e imunoterapia para tratamento do cancro", sublinhou o professor Wang Chunming em declarações à Lusa.

A 17 de abril, a Universidade de Macau tinha anunciado que a equipa liderada por Wang era "a primeira no mundo a desenvolver com sucesso um novo tipo de substituto de tecido baseado em fatores bioativos isolados de uma erva medicinal chinesa", a 'Bletilla Striata', espécie de orquídea do Sudeste Asiático.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE