PUBLICIDADE
Actualidade

IGAS refuta acusações sobre retenção ilegal de uma funcionária da Ordem dos Enfermeiros

13 | 05 | 2019   21.12H

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) refutou hoje as acusações da Ordem dos Enfermeiros (OE) de que inspetores tinham entrado "sem mandado" nas instalações da OE e "retido ilegalmente uma funcionária".

Num comunicado enviado à agência Lusa, a IGAS faz o relato do que passou hoje de manhã nas instalações da Ordem dos Enfermeiros, onde uma equipa de inspetores, acompanhada pela PSP, prosseguiu diligências de instrução no âmbito da sindicância à Ordem dos Enfermeiros ordenada pela ministra da Saúde.

"A fim de repor a verdade", a IGAS esclarece que, "cerca das 12:20, os inspetores sindicantes estavam a tomar declarações a uma trabalhadora da Ordem dos Enfermeiros, no seu próprio gabinete de trabalho", diligência que estava a ser "desenvolvida dentro da normalidade e com uma postura colaborante e tranquila por parte da trabalhadora", quando a bastonária da OE, Ana Rita Cavaco, entrou na sala "aos gritos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O PS merece. Que lhe dêem aquele pontapé que está a pedir.
    Dono dos Burros | 14.05.2019 | 00.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE