PUBLICIDADE
Actualidade

Autoridade de segurança rodoviária recomenda remoção de passadeira "arco-íris" em Lisboa

14 | 05 | 2019   15.48H

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) recomendou à Câmara de Lisboa a remoção das cores do arco-íris em passadeiras de peões, na freguesia de Campolide, por se encontrar "em desconformidade" com o Regulamento de Sinalização do Trânsito.

"Uma vez que a 'marca' aplicada em Campolide se encontra em desconformidade com o RST [Regulamento de Sinalização do Trânsito], não produzindo assim qualquer efeito jurídico, nem garantindo condições de segurança, a ANSR recomendou à entidade gestora da via a sua remoção", informou hoje à agência Lusa a entidade responsável pela segurança rodoviária.

A recomendação endereçada à Câmara de Lisboa surge após a Junta de Freguesia de Campolide ter pintado, na madrugada de segunda-feira, duas passadeiras de peões pintadas com as cores da causa LGBTI (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgéneros e Intersexo), anunciando a intenção de pintar mais três.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE