PUBLICIDADE
Actualidade

Conselho Médico de Gaia diz ser urgente que hospital seja encarado como prioridade

14 | 05 | 2019   17.55H

O Conselho Médico do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho manifestou hoje preocupação pela falta de respostas do Governo à necessidade de realização de obras, considerando "urgente" que o hospital seja encarado como uma prioridade.

"É urgente que o centro hospitalar seja encarado como uma prioridade pelo Ministério da Saúde, tendo em consideração o envolvimento de todo o dirigismo, a elevada diferenciação do hospital, a área de influência (adultos e classe pediátrica) e sua importância no Serviço Nacional de Saúde", entendeu o Conselho Médico, em comunicado.

Segundo o Conselho Médico, no presente, como no passado, em vez de respostas às necessidades do hospital, a tutela não tem apresentado estratégia orientadora, efetuando nomeações consecutivas de conselhos de administração ou de direções clínicas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE