Actualidade

Câmara de Sintra considera "intolerável" 57 supressões de comboios em dois dias

15 | 05 | 2019   12.39H

O presidente da Câmara de Sintra considerou hoje "intolerável" as 57 supressões de comboios na principal linha suburbana de Lisboa, em dois dias, recusando a atual política orçamental que trava a contratação de pessoal para manutenção do material circulante.

"O que está a acontecer em Sintra em matéria de transporte ferroviário é intolerável. Já falei com o senhor ministro Pedro Nuno Santos e estou inteiramente solidário com ele, porque é o primeiro a reconhecer que esta situação é intolerável", afirmou Basílio Horta.

O autarca eleito pelo PS, em declarações à Lusa após ter falado com o ministro das Infraestruturas e da Habitação, reagia à supressão mais de duas dezenas de comboios por dia, desde segunda-feira, levando os utentes "a uma situação de justa indignação".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Chamem o Passos Cuelho (PSD-cds) e o Sócrates (PS) para eles verem a m++++ que andaram a fazer com os cortes e o desinvestimento.
    Dono dos Burros | 15.05.2019 | 17.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não