PUBLICIDADE
Actualidade

Estado "vai voltar este ano a adquirir obras de arte contemporânea" - António Costa

15 | 05 | 2019   21.19H

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu hoje, em Lisboa, que 2019 "vai ser mesmo o ano em que o Estado vai voltar a adquirir arte contemporânea, de forma a enriquecer o seu acervo", para promover a cultura no país.

O chefe do Governo falava na sessão de inauguração da ARCOlisboa, na Cordoaria Nacional, na capital portuguesa, onde o certame dedicado à arte contemporânea vai decorrer até domingo, em quarta edição, com 71 galerias de 17 países.

"É uma responsabilidade e um dever dos poderes públicos fomentar a arte contemporânea", sublinhou António Costa, acrescentando que, para isso, decidiu, como tinha anunciado no ano passado, avançar com a constituição de um fundo de 300 mil euros para a aquisição de obras de arte.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • HAJA DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES
    O povinho | 15.05.2019 | 21.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE