Sudão

Militares anunciam suspensão por 72 horas das negociações para transição política

16 | 05 | 2019   02.28H

O chefe do conselho militar no Sudão anunciou hoje a suspensão por 72 horas das negociações com líderes de protestos populares para a transição política no país, para permitir o levantamento de barricadas na capital, Cartum.

"Decidimos suspender as negociações por 72 horas para preparar o terreno" para a conclusão de um acordo sobre a transição, disse o general Abdel Fattah al-Burhane num discurso transmitido pela televisão pública.

Durante o período de 72 horas, o líder do Conselho Militar de Transição espera que se concretize o levantamento das barricadas em Cartum, a reabertura de uma linha ferroviária que liga a capital ao resto do país que, disse, foi bloqueada pelos manifestantes, assim como o fim das provocações por parte dos manifestantes contra a polícia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt