PUBLICIDADE
Europeias

Coesão social e clima entre prioridades desejadas para presidência portuguesa

16 | 05 | 2019   10.30H

A coesão social e o combate às alterações climáticas são algumas das prioridades que as candidaturas às eleições europeias defendem para a presidência portuguesa da União Europeia, muitas acolhendo a prioridade definida pelo Governo: as relações com África.

A agência Lusa questionou os candidatos às eleições europeias de 26 de maio sobre quais as prioridades da presidência portuguesa da União Europeia, no primeiro semestre de 2021, assim como se concordam com o primeiro-ministro, António Costa, em eleger como prioridade máxima as relações com África.

O cabeça de lista do PSD, Paulo Rangel, declarou-se "totalmente de acordo" que África seja uma das prioridades, defendendo, porém que a esta se alie o mar e a economia azul, e sem descurar as questões fundamentais nas quais Portugal deve "ter um papel", designadamente, a reforma da zona euro, o mercado único digital, e o mercado único da energia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE