Actualidade

Homem condenado a 25 anos de prisão por matar os pais no Barreiro em abril de 2018

16 | 05 | 2019   16.51H

O Tribunal de Almada condenou um homem, de 44 anos, à pena máxima, 25 anos de prisão, por matar os pais, no Barreiro, em abril do ano passado, anunciou hoje a Procuradoria da República da Comarca Lisboa.

"Para a condenação, o tribunal teve em conta os factos descritos na acusação, porquanto em abril de 2018, no interior da residência dos pais no Barreiro, com quem vivia, o arguido ter desferido dezenas de facadas, enquanto aqueles descansavam, durante a madrugada", indica uma nota publicada hoje na página da internet da Procuradoria da República da Comarca Lisboa.

A nota explica que "as facadas foram desferidas com um punhal, na zona torácica e cervical" e que, após consumar o crime, o arguido, na posse da caderneta bancária dos pais, na madrugada de 26 de abril, levantou 300 euros para a "compra de estupefaciente".

Destak/Lusa | destak@destak.pt