Actualidade

Obstetra do Hospital da Ilha Terceira condenada por negligência

16 | 05 | 2019   19.53H

Uma obstetra do Hospital da Ilha Terceira, nos Açores, foi condenada ao pagamento de uma multa e de indemnizações aos pais de um bebé que faleceu aos cinco meses, com pneumonia de aspiração e paralisia cerebral.

"Acorda-se em condenar a arguida pela prática, em autoria material, na forma consumada, por omissão, de um crime de ofensa à integridade física por negligência", lê-se no acórdão do Juízo Central Cível e Criminal de Angra do Heroísmo.

A criança, que nasceu em 23 de julho de 2010, com o cordão umbilical à volta do pescoço, apresentando "asfixia grave", veio a falecer com pneumonia de aspiração e paralisia cerebral em 25 de dezembro desse ano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt