PUBLICIDADE
Actualidade

Oboísta Samuel Bastos era "um dos melhores da música" mundial - Francisco Luís Vieira

19 | 05 | 2019   19.20H

O professor e músico Francisco Luís Vieira disse hoje que com a morte do oboísta Samuel Castro Bastos se perdeu "um dos melhores da música" à escala internacional, recordando o seu talento, bondade e ligação a Portugal.

"É uma referência nacional e internacional, uma figura de topo na música. Perdemos um dos melhores da música, não apenas um oboísta, mas um dos melhores instrumentistas da atualidade à escala internacional", disse à agência Lusa Francisco Luís Vieira.

O professor do Conservatório da Guarda evocou a relação muito próxima que mantinha com o oboísta solista da Orquestra da Ópera de Zurique (Opernhaus Zurich), de 32 anos, que morreu no sábado na Suíça, de causas desconhecidas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE