PUBLICIDADE
Actualidade

Quase 700 infrações levam regulador da Saúde a abrir processos de contraordenação em 2018

20 | 05 | 2019   17.20H

O regulador da Saúde instaurou no ano passado 487 processos de contraordenação que corresponderam a quase 700 infrações, a maioria por falta de licença de funcionamento das unidades de saúde.

O número de infrações registadas foi, em 2018, mais do dobro do que ocorreu em 2017, segundo o relatório de atividades da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) referente ao ano passado e hoje divulgado, sendo que o regulador fiscaliza prestadores públicos, privados e do setor social.

Das 680 infrações, 323 diziam respeito a falta de licença de funcionamento dos prestadores de cuidados de saúde, seguindo-se como motivo mais frequente o incumprimento dos requisitos de funcionamento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE