Europeias/Hungria

Entre os ataques do Fidesz a Bruxelas e os cinco minutos da oposição na TV

21 | 05 | 2019   10.31H

Numa altura em que os olhos estão postos na Hungria, a campanha para as eleições europeias divide-se entre os contínuos ataques do partido no Governo a Bruxelas e os cinco minutos dados aos partidos da oposição na televisão pública.

Os ataques do Fidesz (partido conservador no poder na Hungria desde 2010) às instituições europeias, nomeadamente ao executivo comunitário, não são novos, mas têm vindo a subir de tom perante as críticas de Bruxelas sobre o desrespeito do Estado de direito e das regras da União Europeia (UE) na Hungria.

Foi esta tensão entre Bruxelas e Budapeste que colocou os holofotes virados para a Hungria nestas eleições europeias, que levam no domingo os húngaros às urnas para escolherem 21 dos 751 deputados do Parlamento Europeu na próxima legislatura.

Destak/Lusa | destak@destak.pt