PUBLICIDADE
Actualidade

Prémio Booker Internacional atribuído pela primeira vez a obra traduzida do árabe

21 | 05 | 2019   23.00H

A escritora de Omã Jokha Alharthi e a sua tradutora Marilyn Booth são as vencedoras do prémio Man Booker Internacional, com o livro "Celestial Bodies", anunciaram hoje, em Londres, os promotores da distinção.

Jokha Alharthi é a primeira escritora omanita traduzida para inglês e, em simultâneo, a primeira autora a escrever em árabe distinguida com o galardão, segundo comunicado da organização.

Alharthi, inédita em Portugal, é autora de dois outros romances, de duas coletâneas de contos e de um livro para crianças, tendo o seu trabalho sido publicado em inglês, alemão, italiano, coreano e sérvio, destaca a organização do prémio Booker, no comunicado hoje divulgado, que assinala também a última edição apoiada pelo grupo Man.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE