Actualidade

Atelier-Museu Júlio Pomar assinala hoje morte do artista com entradas gratuitas

22 | 05 | 2019   05.58H

Um ano após a morte do pintor Júlio Pomar, o Atelier-Museu com o seu nome, em Lisboa, vai assinalar hoje a data com entradas gratuitas, uma exposição e a apresentação de um livro sobre as obras do artista no espaço público.

A diretora do Atelier-Museu, Sara Antónia Matos, publica hoje uma carta dirigida ao artista, intitulada "1 Ano Após", na qual faz um balanço do último ano da atividade da instituição, e apresenta projetos para o futuro, nomeadamente a edição de uma fotobiografia e a criação de uma bolsa de mestrado para investigação da obra do pintor.

"Querido Júlio - Faz agora 1 ano que morreste e a data é o momento oportuno para te dizer que o Atelier-Museu Júlio Pomar não parou, que continua a realizar e a levar à prática um programa de ações de que certamente te orgulharias, olhando para a frente como sempre fizeste", começa a missiva, a que a agência Lusa teve acesso.

Destak/Lusa | destak@destak.pt