Actualidade

Crescimento chinês e forte implantação no mercado fazem Macau resistir à concorrência - Moody's

23 | 05 | 2019   07.02H

O analista da Moody's que segue a economia de Macau disse hoje que o aumento do rendimento na China e a forte implantação de Macau no mercado do turismo vão sustentar a concorrência de outros países asiáticos.

"O principal ponto para nós é o aumento do rendimento dos chineses e a proximidade com a China continental, que vão sustentar a procura, e Macau está bem estabelecido, mesmo apesar da crescente concorrência de outras partes da Ásia", disse Matthew Circosta.

Em entrevista telefónica à Lusa, um dia depois da agência de notação financeira ter apresentado o relatório que mantém o 'rating' de Macau, e com Perspetiva de Evolução Estável, Circosta explicou que a região "tem uma significativa capacidade de servir a crescente procura da China e tem, na prática, o monopólio do jogo, por isso a proximidade com a China e a subida dos rendimentos no país vão sustentar o crescimento económico, mesmo apesar da concorrência".

Destak/Lusa | destak@destak.pt