PUBLICIDADE
Actualidade

Exposição mostra marcas da escravura e da tolerância na construção de Lisboa

23 | 05 | 2019   18.14H

As marcas da escravatura e da segregação, e também da tolerância e miscigenação na convivência cultural e religiosa em Lisboa, ao longo de 700 anos, são abordadas numa exposição que hoje se inaugura, no museu da cidade.

"Convivência(s). Lisboa Plural. 1147-1910" é o título desta mostra que tem inauguração anunciada, no Pavilhão Preto do Museu de Lisboa - Palácio Pimenta, para as 18:30 de hoje, que abrirá ao público na sexta-feira, e ficará patente até 22 de dezembro deste ano.

Numa visita de imprensa à exposição, os comissários Paulo Almeida Fernandes e Ana Paula Antunes falaram no papel das minorias religiosas e dos residentes estrangeiros na construção da imagem de Lisboa, entre a Idade Média e a 1.ª República.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE