PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente dos EUA quer serviços secretos a cooperarem na investigação do procurador Barr

24 | 05 | 2019   04.48H

O Presidente norte-americano instruiu os serviços secretos a cooperarem com a investigação do procurador William Barr sobre as origens do caso do alegado conluio entre a campanha presidencial de Trump, em 2016, e a Rússia.

A medida parece reforçar a pretensão do chefe de Estado em descredibilizar os resultados da investigação do procurador especial Robert Mueller, enquanto os democratas reforçam os apelos a um processo de 'impeachment' (destituição).

Em comunicado, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse que Trump delegou a Barr a "autoridade total e completa" de desclassificar os documentos relacionados com a investigação.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE