PUBLICIDADE
Actualidade

Órfãos do 27 de Maio em Angola renovam apelo para recuperação dos restos mortais de familiares

27 | 05 | 2019   12.22H

Os órfãos do 27 de Maio de 1977 em Angola renovaram hoje o apelo às autoridades angolanas para que iniciem o processo de devolução dos restos mortais e a emissão de certidões de óbito dos seus familiares.

O apelo ao Presidente de Angola, João Lourenço, foi feito num vídeo por seis filhos destes angolanos, mortos na sequência da alegada tentativa de golpe de Estado de 27 de Maio de 1977, liderada por Nito Alves, quando passam 42 anos dessa data.

Nito Alves, na altura ministro da Administração Interna e membro do Comité Central do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), foi acusado de fraccionismo e de tentativa de golpe de Estado pelo Governo de Neto, num episódio que culminou com a sua execução e a de milhares de apoiantes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE