PUBLICIDADE
Actualidade

Sindicato reivindica profissão de desgaste rápido para carteiros e entrega petição na AR

11 | 06 | 2019   16.01H

Lisboa, 11 jun 2019 (Lisboa) - O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTCT) vai entregar uma petição na quarta-feira na Assembleia da República que reivindica a profissão de desgaste rápido para os carteiros.

Em declarações à Agência Lusa, o secretário-geral do SNTCT, Vítor Narciso, esclareceu que esta petição conta com 5.200 assinaturas e que a ideia inicial era entregá-la mais tarde, porém, dada a "urgência" da matéria, o sindicato decidiu entregá-la na Assembleia da República já esta quarta-feira às 13:30.

"É de facto uma profissão com muita penosidade associada", defendeu Vítor Narciso, apontando o "grande grau de sinistralidade" a que os carteiros estão sujeitos, o tempo passado a andar a pé e as doenças que poderão ser consideradas profissionais como algumas das razões para esta exigência.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Já nem os polícias andam a pé. Peçam um pópó para andarem de cu tremido e com ar condicionado. O que eu já vi e o que tenho que ver agora. Como o Mundo virou para pior. Lembro-me daqueles que chovesse ou nevasse, percorriam quilómetros a pé para entregar o saco do correio, na âmbulâcia postal que o comboio tinha. Agora passam dia sim dia não. Podiam começar por deixarem de entregar aqueles pasquins de m++++ a que chamam publicidade.
    Dono dos Burros | 11.06.2019 | 18.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE