Actualidade

Fim de apoios a novos olivais no Alqueva é medida "discriminatória e infundada" - associação

12 | 06 | 2019   18.35H

A Olivum - Associação de Olivicultores do Sul criticou hoje o fim da concessão de apoios comunitários a novos projetos para instalação de olival e agroindústrias associadas no perímetro do Alqueva, considerando ser "uma medida discriminatória e infundada".

"É, claramente, uma medida discriminatória e infundada" e, por isso, "não a podemos aceitar e iremos contestá-la", disse à agência Lusa Miguel Portela de Morais, diretor da Olivum.

Segundo o responsável, a Olivum tem "dúvidas" de que a medida "possa vir a ser implementada", "não só porque é injusta", mas também porque a associação põe "em causa" a sua "legalidade", já que "há uma discriminação de uma cultura [olival] em relação às outras, sem que haja razões e fundamentos para o efeito".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Ha muito que esses subsídios a fundo perdido, proporcionando todo o tipo de aldrabices, deveriam ter acabado. Toda a gente quer mamar. Pouca vergonha.
    Postal de Londres | 12.06.2019 | 20.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ESTA GENTE SÓ CONSEGUE FAZER ALGUMA COISA TEM QUE SER COM SUBSÍDIOS É UM PAÍS VICIADO
    O povo | 12.06.2019 | 18.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não