PUBLICIDADE
Actualidade

Os próximos três anos serão os últimos de Mário Nogueira à frente da Fenprof

13 | 06 | 2019   05.01H

Os próximos três anos serão os últimos de Mário Nogueira à frente da Fenprof, garantiu o secretário-geral que este fim-de-semana será reeleito em congresso para o cargo que, garantiu à Lusa, não será um trampolim para outros voos.

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reúne-se na sexta-feira e no sábado em congresso, em Lisboa, com um único candidato à liderança, o atual secretário-geral, Mário Nogueira, que, em entrevista à Lusa, garantiu que o mandato de três anos para o qual será eleito será o último.

"Sim, acho que sim, acho que não vão ser outros [três anos], vão ser estes. Penso que, e agora digo-o sem outro tipo de subterfúgio, na tentando fugir da resposta, claramente vai ser essa a decisão. Teria sido meu o último mandato. Na minha avaliação, teria espaço para mais um e este será o último mandato enquanto secretário-geral da Fenprof", disse.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE