PUBLICIDADE
Actualidade

MEE aconselha prudência a Portugal em promoções e aumentos na função pública

13 | 06 | 2019   12.18H

O Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) adverte no seu relatório anual que Portugal deve prosseguir políticas orçamentais prudentes à luz da sua elevada dívida pública, aconselhando particular prudência com promoções e aumentos salariais na função pública.

As advertências do fundo de resgate permanente da zona euro constam do relatório anual de 2018, apresentado pelo diretor do mecanismo, Klaus Regling, e hoje aprovado pelo Conselho de Governadores do MEE, liderado pelo presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, por ocasião da sua sétima reunião anual, no Luxemburgo.

No capítulo dedicado a Portugal, o relatório conclui que "a contínua avaliação da capacidade de reembolso (dos empréstimos) de Portugal sugere que não há riscos relacionados com o reembolso do que resta saldar do empréstimo do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF)" (o antecessor do MEE, que participou no 'resgate' ao país entre 2011 e 2014).

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O CENTENO VAI AOS BOLSOS DE QUEM NÃO PODE DEU NAS REFORMA 5 MAS ROUBA 20 VERGONHA
    O povinho | 13.06.2019 | 16.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE