PUBLICIDADE
Actualidade

Taxas moderadoras no SNS passarão a existir só nas urgências dos hospitais

14 | 06 | 2019   15.33H

A aprovação hoje do diploma do Bloco de Esquerda (BE) vai fazer com que as taxas moderadoras passem a ser cobradas apenas nas urgências hospitalares, dado que acabarão nos centros de saúde e em atos prescritos dentro do SNS.

O parlamento aprovou hoje na generalidade, com votos contra do CDS-PP, um projeto de lei do Bloco de Esquerda que põe fim às taxas moderadoras nos cuidados de saúde primários e em todos os atos prescritos por profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Assim, o fim das taxas moderadoras vai abranger também consultas de especialidade nos hospitais que são prescritas pelos médicos de família, consultas de seguimento decididas pelos profissionais dos hospitais ou exames prescritos pelos médicos do SNS.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • É uma meia medida e eleitoralista.Nâo há acesso direto dos cidadãos ás especialidades hospitalares porquê?Há países verdadeiramente democráticos em que isso é possível.A única porta de entrada está condicionada por encaminhamento médico ou SU.As lista de espera são tremendas,injustas e talvez em alguns casos mortíferas.O BE faz de nós parvos.Queremos mais e melhor saúde em tempos uteis o rest´é POPULISMO.Qaunto vai custar esta medida e quantos impostos vao aumentar para a pagar,o lema é PÔE,RAPA e TIRA.
    Sarrio | 16.06.2019 | 09.50Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Já deviam ter acabado. Mas vocês é que sabem. Por mim, era como em França. Até partir.
    Dono dos Burros | 14.06.2019 | 17.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE