PUBLICIDADE
Actualidade

Sindicato médico exige esclarecimento sobre falta de anestesistas no Pulido Valente

15 | 06 | 2019   13.34H

O Sindicato Independente dos Médicos vai exigir explicações à administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte sobre a falta de anestesistas na escala deste fim de semana no Hospital Pulido Valente.

Em declarações à agência Lusa, o secretário-geral do sindicato, Roque da Cunha, considerou lamentável a falta de anestesistas em presença física na escala do Pulido Valente este fim de semana, situação que apanhou de surpresa médicos da unidade e que foi denunciada numa mensagem de email pelo coordenador de Cuidados Intensivos Médico-Cirúrgicos do Departamento do Tórax.

Roque da Cunha acrescentou ainda que o Sindicato vai enviar um ofício à administração do centro hospitalar a pedir "esclarecimentos urgentes" sobre a situação.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Quando o privado e outros países oferecem vencimentos mensais ou por ato médico 6 a 15 vezes que o serviço nacional de saúde é previsível que aconteça noutras áreas.O mercado de trabalho não é só Portugal como antes da EU e contratos internacionais.Além do mais a agressão fiscal e a tormenta sobre património leva os mais diferenciados a emigrar,isto é só o principio do fim.
    Lisa | 17.06.2019 | 11.49Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Eu posso explicar. Portugal teve e tem, uns marmanjos que roubaram à tripa forra e andam por aí a rir-se despreocupadamente. Protegidos como todos os da laia deles, pelas polícias que pagamos a peso de ouro. Era preciso pagar os roubos deles, devolver o dinheiro aos agiotas judeus e alemães e para tal tivemos que chamar os bombeiros das finanças públicas, a que o Povo chamou a Troika. Não há pilim, não há palhaços, mas há circo. Mas temos dinheiro para mandar a tropa defender os interesses do Império da Guerra Americano em África e não só, para nos candidatarmos a festas e festanças para parecermos grandes. Só que a manta é curta e o sacana do corpo é maior do que ela. Agora até vamos comemorar Portugal fazendo turismo para França e África do Sul. Da próxima vez que aparecer um político nas urgências, experimentem suturá-lo a sangue frio. Pode ser que resulte. Se bem que há uns, que eu acho que são "maso". Mas nada como experimentar.
    Dono dos Burros | 15.06.2019 | 19.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE