PUBLICIDADE
Actualidade

UEFA rejeita recursos sobre utilização irregular de Júnior Moraes pela Ucrânia

19 | 06 | 2019   13.20H

A UEFA rejeitou os recursos apresentados por Portugal e Luxemburgo por alegada utilização irregular do internacional ucraniano Júnior Moraes nos primeiros dois jogos de qualificação para o Euro2020, anunciou hoje o organismo que regula o futebol europeu.

A Comissão de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA manteve a decisão de 02 de maio, em que não acolheu os argumentos apresentados pelas federações portuguesa e luxemburguesa, cujas seleções defrontaram a congénere ucraniana nas duas primeiras jornadas do Grupo B de apuramento para a fase final do Campeonato da Europa de 2020.

O avançado de origem brasileira, de 32 anos, estreou-se pela Ucrânia em 22 de março, frente a Portugal, atual campeão europeu, ao entrar em campo aos 76 minutos do jogo que terminou empatado 0-0, tendo sido titular três dias mais tarde, no Luxemburgo, num encontro vencido pela seleção ucraniana, por 2-1.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Desde os tempos anteriores ao PREC, que se criou o hábito das passagens administrativas. Estes "dirigentes" de agora, são os putos ranhoso e guedelhudos que nessa altura se estavam a iniciar na liamba, curuma ou Maria Joana, como lhe queiram chamar. E não é que, aprenderam bem. Nunca mais esqueceram. À tempos eram os dirigentes daquele clube de negreiros, que tem as instalações junto ao metro do Campo Grande, que queriam mais 4 campeonatos na secretaria. Campeonatos do tempo das bolas de trapo. Agora estes queriam ser levados ao colo. LOL
    Dono dos Burros | 19.06.2019 | 14.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE