PUBLICIDADE
Actualidade

Ativistas de Hong Kong anunciam novos protestos caso lei de extradição não caia

20 | 06 | 2019   07.54H

Representantes de movimentos de oposição em Hong Kong fizeram hoje um ultimato à chefe do Governo do território, Carrie Lam, para que abandone totalmente a proposta de lei de extradição, caso contrário haverá novos protestos a partir de sexta-feira.

Se até às 17.00 horas locais (10:00 em Lisboa), Lam não abandonar definitivamente a lei da extradição, representantes de vários movimentos de oposição vão apelar a novos protestos, que, segundo a agência efe, já estão a ser amplamente difundidos nas redes sociais.

O líder estudantil Joshua Wong disse à agência Efe que, apesar de não ter sido ele a definir o ultimato, vai apoiá-lo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Lá vao as cadeias ficar superlotadas.XI já afirmou que não permitirá ingerência externa em Hong-Kong ,é o primeiro passo indicativo que vai invadir e prender os cabecilhas dos insurretos.O poder de RUA é fácil de extinguir desde que o exercito seja leal ao governo.Estao a desafiar o DRAGÂO comunista que tem mantido com mâo de ferro qualquer insurreição na GRANDE CHINA.TRUMP desafiou tudo que era tratados ,direitos humanos,ambiente etc XI fará o mesmo em relação ao tratado que considera Hong Kong zona especial,Irâo os ingleses declarar guerra á CHINA??Vamos ver como vai acabar.
    ssissi | 20.06.2019 | 09.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE