PUBLICIDADE
Actualidade

Rejeitada providência cautelar da Ordem dos Enfermeiros para travar formação de técnicos do INEM

20 | 06 | 2019   16.51H

O Tribunal Administrativo de Lisboa rejeitou a providência cautelar intentada pela Ordem dos Enfermeiros para impedir a formação de técnicos de emergência pré-hospitalar do INEM, considerando que esta não tem legitimidade para tal.

O caso remonta a abril de 2018 quando a Ordem dos Enfermeiros decidiu avançar com uma providência cautelar para travar o início da formação dos técnicos de emergência pré-hospitalar, que tripulam as ambulâncias do INEM.

A Ordem dos Enfermeiros contestava a delegação de competências que eram exclusivas de médicos e enfermeiros a estes técnicos, que viram ser-lhes reconhecida uma carreira enquanto profissionais de saúde em abril de 2016.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE