PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-autarca de Tondela condenado a pena suspensa de quatro anos de prisão

24 | 06 | 2019   17.46H

O ex-presidente da Câmara de Tondela, Carlos Marta, foi hoje condenado a quatro anos de prisão, com pena suspensa, pelos crimes de prevaricação de titular de cargo político e de falsificação de documentos.

Carlos Marta - que foi presidente desta autarquia do distrito de Viseu entre 2001 e 2013 - foi também condenado a pagar 900 euros de multa pelo crime de favorecimento de credores.

A pena está suspensa por quatro anos, mas subordinada ao pagamento (no prazo de três anos) de 44.502 euros, ou seja, 10% do valor das obras em causa nos autos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE