PUBLICIDADE
Actualidade

Remessas dos emigrantes em Angola caem 57,4% em abril para 10 milhões - BdP

25 | 06 | 2019   11.47H

As remessas dos emigrantes portugueses a trabalhar em Angola caíram 59,1% em abril deste ano, para 9,31 milhões de euros, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal.

Segundo o regulador bancário, as remessas enviadas pelos portugueses a trabalhar em Angola passaram de 22,78 milhões de euros em abril do ano passado para 9,31 milhões de euros em abril deste ano, o que representa uma queda de 59,1%.

Em consequência, as remessas dos portugueses a trabalhar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) caíram 57,4%, fruto da quebra de 23,55 milhões de euros em abril de 2018 para 10,04 milhões em abril deste ano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Coclusoes conflito continua ou o dinheiro está mais seguro e dá mais rendimentos em Angola etc ou estão a ser enviados para outros países devido á instabilidade e não remuneração das poupanças , assalto fiscal e confidencialidade.O MUNDO ilberal existe e o LIBERAL LIVRE DO SAQUE TAMBÉM 59% é significativo e resta saber as remessas de outros países para PORTUGAL para tirar mais ilações..
    cecilia | 25.06.2019 | 12.10Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE